Main menu

Challenge Citroen DS3 R1 no Vidreiro

O primeiro showcar do “Challenge Citroen DS3 R1 Iniciação 2015” estará em exposição no Rali Vidreiro.

Em janeiro passado a Inside Motor renovou a sua intenção de no próximo ano organizar o “Challenge Citroen DS3 R1 Iniciação”, um troféu monomarca para os ralis de asfalto em Portugal. O projeto já evolui e existem uma séries de novidades e informações que estão a ser preparadas, sendo que algumas delas vão ser divulgadas no Rali Vidreiro.

“Já estamos em condições de mostrar o showcar que certifica a nossa intenção de em 2015 realizar o Challenge Citroen DS3 R1 Iniciação”, afirma Vitor Calisto, responsável da Inside Motor Eventos, concretizando que “juntamente com a exposição do carro vai estar também disponível uma série de informações sobre o Citroen DS3 R1 e sobre o Challenge. Temos continuado a trabalhar neste projeto e a acreditar que é possível colocar o mesmo de pé no próximo ano, embora ainda este ano tenhamos a intenção, pelo menos estamos a trabalhar para isso, de colocar o carro a correr numa prova do nacional”.

O Showcar do Citroen DS3 R1 estará em exposição no Parque da Cerca no âmbito das Festas da Cidade da Marinha Grande, evento que também está associado ao Rali Vidreiro, 5ª prova do Campeonato Nacional de Ralis, no qual a Inside Motor também estará presente com o Peugeot 208 R2 de Gil Antunes / Diogo Correia e o Citroen Xsara de Vitor Calisto / João Santos.

“A presença no Showcar no Rali Vidreiro é no fundo uma pré-apresentação do Challenge, que servirá de isco para os potenciais pilotos interessados. Os principais detalhes desta competição já estão definidos e poderão ser divulgados a todos os interessados”, conclui Vitor Calisto. 

Mais informações através do endereço de e.mail: This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Comunicado de Imprensa de 04 de junho de 2014

www.facebook.com/insidemotor

 

Gil Antunes alcança “Top 5” nos Açores

A presença da Inside Motor no Sata Rali Açores, com Gil Antunes / Diogo Correia, saldou-se por um espetacular quinto lugar da geral absoluta no Nacional de Ralis.

Depois de um grande resultado no Vodafone Rali de Portugal, seria quase impensável o Peugeot 208 R2 da Inside Motor conseguir subir ainda mais fasquia no Nacional de Ralis, mas o quinto lugar absoluto obtido no Sata Rali Açores veio provar que era mesmo possível.

“O Gil Antunes fez uma prova exemplar no Sata Rali Açores. Atacou logo na fase inicial do rali e colocou-se na frente do Grupo RC4 e melhor duas rodas motrizes, posições que não mais largou durante as 11 classificativas da prova. O Peugeot 208 R2 não deu quaisquer problemas e com o Gil Antunes cada vez mais adaptado à sua condução, temos vindo a ser muito competitivos e a alcançar resultados que orgulham toda a equipa que trabalha na Inside Motor”, afirma Joaquim Batalha, responsável técnico da Inside Motor.

Gil Antunes / Diogo Correia voltaram a vencer a Categoria RC4 no Campeonato Nacional de Ralis pela segunda vez consecutiva e terceira na época, e foram claramente os melhores a utilizarem um carro de apenas duas rodas motrizes.

No entender do responsável desportivo da Inside Motor,  Vitor Calisto, o momento é de “felicitar o Gil Antunes e o Diogo Correia pela prestação notável, mas também temos que dar os parabéns à Inside Motor que preparou um Peugeot 208 irrepreensível que esteve imune a problemas. Agora vamos preparar já a fase de asfalto no Nacional de Ralis, onde temos que continuar a ser muito competitivos e concentrados nos nosso objetivos, que passam sempre por conquistar vitórias”.

 

Comunicado de Imprensa de 08 de abril de 2014

www.facebook.com/insidemotor

 

Grande resultado no Rali de Portugal

Já com um novo motor, a Inside Motor preparou um Peugeot 208 R2 irrepreensível, que permitiu a Gil Antunes / Diogo Correia um excelente desempenho.

Tudo está bem quando acaba bem. E, no caso da equipa Inside Motor, este ditado popular encaixa na perfeição depois de terminada a edição 2014 do Vodafone Rali de Portugal, depois de três semanas de intenso trabalho e dedicação para ter o Peugeot 208 R2 preparado para esta prova.

“Foi um enorme desafio para toda a equipa este Rali de Portugal. Antes da prova, foi a incerteza quanto à chegada do novo motor para o Peugeot 208 R2, a tempo de o montarmos para o rali. Depois a preparação do carro para o rali para que nada pudesse falhar por problemas mecânicos e a seguir o stress normal da competição que acaba por validar o trabalho desenvolvido. O termos terminando o Rali de Portugal sem problemas de maior a registar no Peugeot, depois de uma excelente atuação do Gil Antunes, foi o que melhor poderíamos esperar da nossa participação nesta prova”, comentou Joaquim Batalha, responsável técnico da Inside Motor, após o Rali de Portugal demonstrando cansaço mas muita satisfação pelo resultado alcançado.

Refira-se que Gil Antunes / Diogo Correia conseguiram vencer a Categoria RC4 no Campeonato Nacional de Ralis e serem os segundos melhores entre os carros de duas rodas motrizes e, no resultado final do rali terem ainda alcançado o 4º lugar entre os pilotos portugueses, mas primeiro nas duas rodas motrizes.

Toda a equipa esteve muito bem o que levou Vitor Calisto, responsável desportivo a considerar que a Inside Motor “fez um trabalho notável. Desde os pilotos aos mecânicos a prestação da Inside Motor foi ao nível de uma prova do Mundial de Ralis. Os resultados alcançados nesta prova estão dentro dos objetivos planeados e todos deram o seu contributo para os atingir. Foi um enorme desafio que foi superado com grande profissionalismo, o que demonstra a qualidade do trabalho que temos vindo a desenvolver na Inside Motor”.

 

Comunicado de Imprensa de 08 de abril de 2014

 

Vodafone Rali de Portugal

Prontos para o melhor rali do mundo

As últimas três semanas tem sido de grande intensidade na Inside Motor, de modo a ter o Peugeot 208 R2 pronto para o Vodafone Rali de Portugal.

A desistência prematura do Rali Cidade de Guimarães, devido a quebra do motor por sobre regime, não tirou nem ânimo nem vontade à Inside Motor para ter de novo o Peugeot 208 R2 pronto para a equipa disputar o Vodafone Rali de Portugal, prova que irá para a estrada de dia 3 a 6 de abril, e que conta com os melhores pilotos do mundo nesta modalidade.

“Desde a última prova até agora a equipa tudo fez para que o Peugeot 208 R2 estivesse pronto para o Gil Antunes disputar o Rali de Portugal. Felizmente o motor chegou a tempo e horas para ser montado, embora não tivesse havido possibilidade de testar”, afirmou Joaquim Batalha, responsável técnico da Inside Motor, explicando que “teve que ser feita uma revisão global ao carro para evitar quaisquer problemas numa prova que vai ser dura e muito complicada. O Gil Antunes optou por fazer toda a prova, e não apenas a primeira etapa que é pontuável para o Nacional de Ralis, e isso coloca um enorme desafio técnico a todos nós na Inside Motor”.

Numa prova tão longa e tão dura como é o Rali de Portugal, a Inside Motor espera que Gil Antunes, também ele um estreante nesta prova, possa competir por um resultado entre os mais rápidos duas rodas motrizes do Nacional de Ralis. “Depois da vitória em Fafe e do percalço de Guimarães é muito importante para a Inside Motor e para Gil Antunes concluir esta prova, que por certo lhe dará mais maturidade com piloto”, comentou Vitor Calisto, responsável desportivo da equipa, fazendo notar que “os técnicos da equipa estão de parabéns pelo trabalho que fizeram. Esperamos que o Gil Antunes nos traga um bom resultado, pois era um pois era um bom incentivo para todo o trabalho empenho da nossa equipa”.

 

Rali Cidade de Guimarães

Um azar nunca vem só

A Inside Motor teve no Rali Cidade de Guimarães uma prova curta e muito azarada.

A equipa sintrense Inside Motor não leva de Guimarães as melhoras recordações, com as duplas Gil Antunes / Diogo Correia e Vitor Calisto / João Santos a serem obrigadas a desistir por motivos mecânicos nos seus carros.

Se as expectativas eram altas face à vitória de Gil Antunes / Diogo Correia no Rali Serras de Fafe no Nacional de Ralis Grupo RC4, depressa caíram por terra todas as hipótese de um bom resultado em Guimarães, quando o motor do Peugeot 208 R2 cedeu de forma inexplicável logo na terceira especial de classificação.

“Estava tudo a correr normalmente, apesar de algum tempo perdido na fase inicial do rali, No terceiro troço vimos uma labareda debaixo do carro e fomos obrigados a parar. O motor tinha partido e a desistência era inevitável. Ainda faltava muito rali e estávamos motivados para lutar pela vitória entre os RC4, mas desta vez não foi possível”, explicou Gil Antunes.

Igualmente com pouco sorte esteve a dupla Vitor Calisto / João Santos. Uma penalização por atraso ainda na parte da manhã foi o mal menor, mas no decorrer da 8ª especial o Citroen Xsara deixou de colaborar. “Um problema na transmissão não nos possibilitava engrenar qualquer mudança na caixa de velocidades. Foi um rali muito interessante e com muito público a assistir que gostávamos de ter terminado. Infelizmente hoje não foi o nosso dia” revelava Vitor Calisto.

Uma das maiores certezas com que Joaquim Batalha, responsável técnico da Inside Motor, saiu de Guimarães é que os próximos dias vão ser de muito trabalho. “Vamos ter que apurar o que se passou ao certo com o motor do Peugeot 208 R2 que ainda estava longe do seu limite de utilização. Durante os testes e mesmo na fase inicial do rali estava tudo a correr normalmente, mas perante um problema desta gravidade nada podemos fazer”.

A Inside Motor regressa agora no Rali de Portugal, no início de Abril, com Gil Antunes / Diogo Correia a regressarem aos pisos de terra.

Comunicado de Imprensa de 9 de março de 2014