Main menu

Final inglório

Não teve um desfecho positivo o Rali de Castelo Branco para a equipa Inside Motor e para a dupla Daniel Nunes / Rui  Raimundo, que desistiram com a meta praticamente à vista.

Não está a ser fácil o início da temporada de 2017 para a equipa Inside Motor no Campeonato Nacional de Ralis de Duas Rodas Motrizes, somando nova desistência, desta feita no Rali de Castelo Branco.

“Ninguém gosta de desistir e muito menos com a meta à vista. Os pernos da roda direita da frente do Peugeot 208 R2 voltaram a partir de forma inexplicável, levando que o Daniel Nunes fosse obrigado a desistir, depois de um rali muito complicado”, explica Joaquim Batalha, responsável da Inside Motor, afirmando ainda que “não se compreende como um peça nova tem um problema destes, tanto mais que já aconteceu também em Fafe e na parte final da época de 2016. Temos que averiguar para que tal não volte mesmo a acontecer”.

Quanto a Daniel Nunes, que teve a seu lado Rui Raimundo, o Rali de Castelo Branco não correu da melhor forma, com o piloto a afirmar que “desistimos neste rali novamente quando lutávamos pelo pódio das duas rodas motrizes. Contudo, partimos para este rali com o carro com um set-up desajustado e com o motor a não agradar em termos de performance, o que mais tarde foi corrigido. Ainda ganhamos troços entre os RC4, mas derivado ao set-up desajustado tivemos uma ligeira saída de estrada sem consequências que pudessem comprometer a prova. Infelizmente no final os pernos da roda ditaram novo abandono”. 

Informações sobre o Rali de Castelo Branco em: http://www.escuderiacastelobranco.pt/

 

Rali Serras de Fafe 2017

Daniel Nunes mostrou competitividade.

Apesar de um azar no primeiro dia do Rali Serras de Fafe que ditou o abandono, Daniel Nunes / Rui Raimundo ainda conseguiram trazer alguns pontos desta prova.

Numa altura em que estavam no segundo lugar nas contas das duas rodas motrizes e ainda com muito rali pela frente, Daniel Nunes / Rui Raimundo foram obrigados a desistir com os pernes de uma roda partidos. O regresso em Rali2 permitiu contudo ir buscar alguns pontos no Rali Serras de Fafe

Segundo Daniel Nunes foi um rali “em que nem tudo correu como esperávamos. No primeiro dia a nossa intenção era voltar a adaptar-nos à condução de um duas rodas motrizes sem perdermos muito tempo, para depois podermos ser mais competitivos no segundo dia. Estavamos até a fazer um bom rali, sendo segundos da geral nas duas rodas motrizes, mas os pernos de uma roda partiram e não houve hipóteses de continuar em prova sem ser em Rali2. No segundo dia apostamos em tentar vencer troços para somar alguns pontos, mas aproveitamos também para fazer mais quilómetros e ganhar mais ritmo competitivo com o Peugeot”.

Do lado da Inside Motor, apesar da preparação do Peugeot 208 R2, o azar aconteceu, levando Joaquim Batalha, responsável técnico a dizer que “não esperávamos por este desfecho, que aliás já nos tinha sucedido em Mortágua em 2016. O Daniel Nunes esteve muito competitivo e por certo que nas próximas provas poderá ser ainda mais. Em Fafe conseguimos bons tempos nos troços, num campeonato de duas rodas motrizes que nos parece estar novamente muito interessante, em que a competitividade do Peugeot 208 R2 saiu mais uma fez reforçado face à concorrência”.

Vitória e título

A Equipa Inside Motor e a dupla Diogo Gago / Hugo Magalhães venceram o Rallye Casinos do Algarve e conquistaram o título de Campeões Nacionais de duas rodas motrizes.

Sintra, 13 de novembro de 2016: Em seis provas disputadas esta temporada, Diogo Gago / Hugo Magalhães venceram cinco e foram segundos classificados um vez. A derradeira vitória, e decisiva, foi no Rallye Casinos do Algarve este fim-de-semana, onde mais uma vez estiveram imbatíveis, o que lhes valeu o título de Campeões Nacionais nas duas rodas motrizes, sendo o primeiro para a equipa Inside Motor.

“Foi um excelente vitória. Não partimos com a intenção de gerir a nossa vantagem na liderança do campeonato, mas sim de assumir o nosso favoritismo. Voltamos a fazer um excelente rali, fomos sempre os mais rápidos e no final a vitória dá-nos também o título nas duas rodas motrizes que era o grande objetivo da época”, refere Diogo Gago, dizendo que “quer dar os parabéns a todos aqueles que muito me apoiaram esta temporada e que foram fundamentais na conquista desta primeiro título nacional. A equipa Inside Motor, que sempre me colocou um carro excelente à disposição e que se esforçou imenso para que este título também fosse deles, aos meus patrocinadores e, obviamente, ao meu Pai. Obrigado a todo e agora vamos pensar em 2017”.

Muito satisfeito neste final de temporada está Joaquim Batalha, responsável técnico da Inside Motor, já que este título cai com que nem uma luva depois de um ano de muito trabalho. “Não poderia ser melhor. Fizemos muito bem o nosso trabalho de casa, que é onde as vitórias se começam a desenhar. Depois toda a equipa esteve em grande nível mais uma vez, entregando um grande carro ao Diogo Gago que obteve mais uma fantástica vitória e nos deu este saboroso título”, afirmou Joaquim Batalha. Poderá acompanhar o Rallye Casinos do Algarve: www.clubeautomovelalgarve.pt

O título como objetivo

A Equipa Inside Motor preparou afincadamente o Rallye Casinos do Algarve com o objetivo de garantir as melhores condições para a dupla Diogo Gago / Hugo Magalhães tentar obter o título nacional nas duas rodas motrizes.

Sintra, 07 de novembro de 2016: A vitória de Diogo Gago / Hugo Magalhães no Rali Casino de Espinho lançou definitivamente a equipa para a conquista do título de Campeões Nacionais de Ralis de duas rodas motrizes, o que pode já acontecer no final do Rallye Casinos do Algarve, última prova do Nacional de Ralis de 2016, que se realiza dias 12 e 13 de novembro.

“Estamos totalmente focados no nosso objetivo, que passa por conquistar o primeiro título nacional nos ralis. Estamos em primeiro no campeonato, corremos no Algarve junto do nosso público e numa prova que gostamos de disputar e, por isso, estão reunidas todas as condições para alcançar o nosso objetivo”, afirma Diogo Gago, revelando que “as contas do campeonato estão a nosso favor mas isso não poderá significar que vamos andar a controlar os nossos adversários. Vamos para este rali para ganhar, tentando evitar erros como é natural, para no final podermos alcançar o título, que é o grande objetivo desta temporada”.

Joaquim Batalha, responsável técnico da Inside Motor, está consciente que o Rallye Casinos do Algarve é um importante momento para toda a equipa, afirmando que “vamos para esta prova com o trabalho de casa muito bem feito, como iremos preparados para dar resposta a qualquer problema técnico que possa surgir durante o rali. Sabemos que tem sido uma época muito boa com o Diogo Gago e agora a cereja no topo do bolo era o título nas duas rodas motrizes”.

Poderá acompanhar o Rallye Casinos do Algarve: www.clubeautomovelalgarve.pt

Rallye Casino de Espinho - É para vencer!!!

A Equipa Inside Motor e a dupla Diogo Gago / Hugo Magalhães querem regressar às vitórias já no Rallye Casino de Espinho, de modo a continuarem na luta pelo título nas duas rodas motrizes.

Sintra, 13 de setembro 2016: Depois de um Rali de Mortágua que começou mal e acabou bem, relançando Diogo Gago / Hugo Magalhães na luta pelo título das duas rodas motrizes no Campeonato Nacional de Ralis, o objetivo desta dupla e da Inside Motor é regressar às vitórias no Ralllye Casino de Espinho, prova que se disputa no próximo fim-de-semana, dias 15 e 16 de outubro na região de Espinho, Vila Nova de Gaia, Oliveira de Azeméis e Vale de Cambra.

“Vamos para o Rallye Casino de Espinho muito motivados e com uma enorme vontade de vencer, pois estamos na luta pelo título das duas rodas motrizes”, refere Diogo Gago, dizendo que “esta é uma prova completamente nova para todos e isso é uma importante vantagem para a nossa equipa, pois estamos habituados a trabalhar e a obter bons resultados em provas que nos são totalmente desconhecidas. Vamos entrar com um ritmo elevado, sempre concentrados, pois temos como objetivo alcançar o máximo de pontos possíveis e, para isso, é preciso também vencer troços”.

Do lado da Inside Motor, Joaquim Batalha, responsável técnico da equipa afirma que “o regresso aos pisos de asfalto, como é o caso do Rallye Casino de Espinho, pode ser benéfico para a nossa equipa, depois da exibição que o Diogo gago fez no Rali de Castelo Branco, onde vencemos tudo o que havia para vencer ao nível das duas rodas motrizes. Estamos empenhados em dar ao Diogo Gago todas as condições para poder lutar elo título que também nós procuramos este ano”.

Poderá acompanhar o Rallye Casino de Espinho em: www.rallyecasinoespinho.com